• SAC: 0800 812 9000
EnglishPortugueseSpanish

NOTÍCIA

Abate de bovinos sobe 3,5% no 2º trimestre de 2019, aponta IBGE

Destaques foram os aumentos em MT (+257,03 mil cabeças), MS (+99,22 mil cabeças) e SP (+45,03 mil cabeças)

Os produtores brasileiros abateram 8,04 milhões de cabeças de bovinos no segundo trimestre de 2019, um aumento de 1,4% em relação ao primeiro trimestre, segundo os dados das Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais, do Leite, do Couro e da Produção de Ovos de Galinha, divulgados nesta quinta-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Imagem meramente ilustrativa

Na comparação com o segundo trimestre de 2018, houve crescimento de 3,5%, 268,55 mil cabeças a mais, impulsionado por altas em 17 das 27 Unidades da Federação. Em relação ao segundo trimestre do ano anterior, os destaques foram os aumentos em Mato Grosso (+257,03 mil cabeças), Mato Grosso do Sul (+99,22 mil cabeças), São Paulo (+45,03 mil cabeças), Rondônia (+28,18 mil cabeças), Santa Catarina (+12,63 mil cabeças) e Bahia (+6,43 mil cabeças).

As reduções mais intensas ocorreram em Goiás (-73,78 mil cabeças), Rio Grande do Sul (-64,30 mil cabeças), Pará (-63,68 mil cabeças) e Maranhão (-13,97 mil cabeças). O Estado de Mato Grosso manteve a liderança no abate de bovinos, com 17,8% do total nacional, seguido por Mato Grosso do Sul (11,4%) e São Paulo (10,1%).

Fonte: Portal DBO