EnglishPortugueseSpanish

NOTÍCIA

Cotações pecuárias: para fechar bons negócios, é essencial acompanhá-las

Ao investir em um negócio é preciso estar atento ao mercado, por isso, se você é produtor de gado deve acompanhar as cotações pecuárias.

As oscilações de preços servem para definir, por exemplo, o melhor momento para as negociações.

Será que vale a pena vender o gado agora, ou é melhor esperar mais algumas semanas?

Outra variação comum está diretamente ligada ao local onde o boi está sendo negociado, ficando evidentes as mudanças nas cotações pecuárias.

Quando se compara São Paulo com outras regiões, as diferenças de preços são bastante claras.

Isso acontece por uma série de fatores que são levados em consideração, como o equilíbrio entre oferta e demanda.

A cotação pecuária também deve ser avaliada de acordo com a região, pois ela não indica, de forma geral, possíveis movimentos do mercado como um todo.

Mas estar atento às oscilações de determinados lugares é importante, pois, em algum momento, pode ser interessante negociar e buscar o gado em outras localidades, mesmo que um pouco mais distantes.

Acompanhar as cotações pecuárias diariamente é um dever de casa, que todo produtor deve fazer, garantindo assim uma maior lucratividade.

Na hora de negociar, também é importante estar atento se o trâmite está sendo feito diretamente com o frigorífico.

Cotações Pecuárias

Quem atua na cadeira produtiva da pecuária sabe a importância de estar atento às cotações, mas, os preços deveriam ser acompanhados pelo público em geral.

Quando a arroba do boi sobe ou desce, especialmente em oscilações maiores, o reflexo chega à mesa das famílias.

E isso não significa atuar no orçamento apenas de quem consome carne, pois tudo funciona em forma de cadeia.

O mesmo acontece com o leite, quando ele sobe todos os derivados são impactados, assim como produtos que tem o item como matéria-prima.

Quando se fala em cotação pecuária, significa estabelecer o preço, ou o valor, do produto que vem da pecuária e um exemplo é boi de corte.

PECUÁRIA BRASILEIRA SE PROFISSIONALIZOU E ESTÁ ENTRE AS MAIORES DO MUNDO

Essa cotação pecuária, para ser definida, leva em consideração uma série de fatores como o da alimentação oferecida ao gado.

Teve chuva para manter os pastos produtivos, ou foi necessário investir em silagem? Quanto se usou de suplementação? O preço dos insumos manteve-se equilibrado ou aumentou consideravelmente no período?

Quando falamos de cotações pecuárias e índices no segmento de agronegócios, precisamos lembrar do Cepea – Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da USP.

Ele é um dos órgãos responsáveis por determinar os índices e integra a Esalq – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Mensalmente são elaborados quatro índices relacionados com o desempenho das exportações brasileiras, ligadas ao agronegócio:

  • IPE – Índice Preços FOB em dólar;
  • IVE – Índice de Volume;
  • IC – Índice do Câmbio Efetivo do Agronegócio; e
  • IAT – Índice e Atratividade das Exportações.

Acompanhar a variação desses índices também deve fazer parte da rotina de quem atua no mercado agropecuário, pois pode indicar como ficarão as cotações pecuárias nas próximas semanas.

Preço por arroba ou cabeça?

Quando falamos da principal cotação pecuária, que é o preço do boi gordo pronto para o abate, a referência é feita em arroba.

A arroba (@), como símbolo, é usada desde a idade média, como uma abreviação encontrada em livros contábeis e registros de mercadorias.

Pesquisas mostram que, anos mais tarde, o símbolo @ passou a ser usado pelos espanhóis, tendo a mesma definição que conhecemos hoje.

O significado de arroba veio do árabe ar-ruba, que é a quarta parte de outra medida, o quintar, equivalente a 58,75 quilos; ou seja, a arroba é 14,68 quilos.

Arredondada para 15 quilos, a arroba é usual na cotação pecuária.

Já quando a referência é o preço pela carcaça do boi, significa carne e osso, descartando assim as outras partes.

Acompanhe abaixo outras cotações pecuárias comuns, usadas para reposição, e os preços praticados no final de setembro de 2021.

A cotação pecuária é da Scott Consultoria, para Nelore, na praça de São Paulo.

  • Bezerro 12 meses – R$ 2.900 (cabeça)
  • Garrote 18 meses – R$ 3.400 (cabeça)
  • Boi magro 30 meses – R$ 3.850 (cabeça)
  • Bezerra 12 meses – R$ 2.400 (cabeça)
  • Novilha 18 meses – R$ 2.800 (cabeça)
  • Vaca boiadeira/de descarte – R$ 3.000 (cabeça)

Já a arroba do boi está sendo negociada, em praças do estado de São Paulo, por
R$ 295,50.

Portanto, esteja atento às cotações pecuárias. Hoje existem várias fontes confiáveis que disponibilizam aplicados gratuitos, para serem acessados em tempo real, do seu celular.

Fontes: Canal Rural; Scott Consultoria; Pecuária; Portal DBO; e Agro 2.0.